Bioponia

A Bioponia foi criada segundo o princípio básico de agricultura orgânica e sustentável. Ao invés de serem usados fertilizantes químicos, são usados fertilizantes orgânicos e micro-organismos (EMS - Effective Micro Organisms) 

Segundo William Texier, quem em 2004 criou e adoptou o conceito de cultivo bioponico, uma das grandes vantagens é que se cria muito pouca "massa vegetal" comparada com a colheita, por exemplo 1 kg de tomates crescidos num sistema bioponico produz um volume muito menor de folhas e ramos do que 1 kg de tomates crescidos num sistema hidroponico clássico. Isto diminui o consumo de nutrientes e aumenta o espaço disponível para as plantas.

 A Questão Orgânica

Existem vários pontos de vista sobre este assunto, um deles é que as agências que certificam produtos orgânicos não reconhecem o cultivo hidroponico/bioponico e aquaponico como cultivo orgânico pois estes tipos de cultivo não usam solo, sendo este o critério principal para se obter uma certificação.

Um fator em ter em conta é que todas as plantas são orgânicas e todas usam os mesmos elementos essencias (daqui podemos excluir as espécies geneticamente modificadas, dado que o seu metabolismo é alterado pelo homem). 

Uma planta não consegue absorver matéria orgânica, mas absorve os sais minerais inorgânicos, isto é, o reino vegetal alimenta-se diretamente do reino mineral. Por isso, não existe conflito entre o cultivo orgânico e hidroponico, a grande diferença é que no primeiro é o solo que é "alimentado" de plantas mortas e matéria animal e não a planta directamente. O solo age como uma fábrica de fertilizantes que trabalha as substâncias orgânicas através das suas bactérias e essas substâncias transformam-se em inorgânicas, elementos químicos que alimentam as plantas. 

Em hidroponia não existe solo e as plantas são alimentadas usando os mesmos minerais que o solo produz. Uma planta não sabe se está a ser alimentada pelo homem ou pela natureza, sabe sim, se está a ser bem alimentada.

Foody Bioponico

 

Alguns materiais comuns usados para a criação de Fertilizante/Composto

Material N      P K Notas
Sangue (seco ou farinha) 12-15 1.2 1 Solúvel
Farinha de osso 2-4 15 25 Cálcio,micronutrientes
Farinha de osso (cozido no vapor) 2-3 18-25 .2% Carbono, micronutrientes
Farelo de canola 0 1.2 1.3 Ferro, micronutrientes
Farelo de algodão 7 2 2 Ácido
Esterco de galinha (seco) 3-4 2-4 1.2 Solúvel,micronutrientes
Composto 1-2 1 1 Micronutrientes
Estrume de vaca .6-2 .3 .5-1 Excesso de sais,possível fonte de salmonelas,colifórmios, e-coli, etc
Grãos de café 2 .3 .7 Ácido
Penas (seco ou farinha) 12-15 0 0 Alguns micronutrientes
Farinha de peixe 8 7 2 Solúvel
Estrume de cabra .5 .4 .4 Micronutrientes, possível fonte de salmonelas,colifórmios, e-coli, etc
Pó de granito 0 0 4-5 Alguns micronutrientes
Glauconite - 1 5-7 Ferro
Guano (Morcego) 2-5 8-10 1-2 Solúvel, micronutrientes
Guano (Aves marinhas) 10-15 5 2 Solúvel, micronutrientes
Farinha de casco/chifre 6-15 2 0 Micronutrientes
Cinzas de papel 0 .1 2-3 pH elevado
Fosfato macio 0 18-24 0 Cálcio, micronutrientes
Algas (Líquido) .5 .5 .3 Solúvel, micronutrientes
Algas (farinha) 1 1 1 Solúvel, micronutrientes
Estrume de ovelha .8 .4 .5 Micronutrientes, possível fonte de salmonelas,colifórmios, e-coli, etc
Estrume de porco .6 .4 .5 Micronutrientes, possível fonte de salmonelas,colifórmios, e-coli, etc
Cinzas de madeira(rija) 0

1.5

7-10 Solúvel
Cinzas de madeira(macia)
0 .8 5 Solúvel
Minhocas 3.5 1 1 Micronutrientes